• 34
  • 0

O universo das cirurgias plásticas também sofre com essas mudanças e adapta-se às novas exigências do mercado. Em 2020, as pessoas vão repensar a necessidade de fazer tantas cirurgias plásticas, já que os procedimentos estéticos não invasivos estão a aumentar e a tornar-se mais populares.

Hoje já é possível modificar o nariz sem ter que fazer uma rinoplastia, aplicando apenas preenchimentos e esta está entre as dez plásticas mais feitas em todo o mundo. Para os procedimentos no rosto há mais soluções, além da cirurgia, que vão crescer em 2020.

Estas soluções são geralmente mais baratas e mais rápidas, tanto para realizar o procedimento como para recuperar dele, tornando-se mais atrativas e fazendo com que mais pessoas pensem em modificar o seu corpo. Um outro ponto que vai ajudar a popularizar estes procedimentos é o facto dos dentistas poderem fazer procedimentos estéticos para criar a chamada harmonização facial, o que faz com que o acesso seja muito facilitado.

Mas por que é que as pessoas pensam em mudar a sua aparência física através de cirurgias plásticas? As celebridades sofrem uma grande fonte de pressão sobre o que é belo e atrativo e, infelizmente, com as redes sociais, agora não só nos meios tradicionais tal como televisão, revistas e cinema, vemos imagens de pessoas perfeitas que passam uma falsa realidade. Os influenciadores digitais também são culpados, o que fez com que o número de adolescentes que procuram cirurgias plásticas também aumentasse.

Para as mudanças estéticas do corpo ainda não há procedimentos eficazes sem invasão, como já existem para o rosto, mas será uma questão de tempo. Ter uma alimentação saudável e equilibrada, e a prática regular de exercício físico pode não ser suficiente para atingir os padrões de beleza da sociedade atual, que eleva mulheres com peito grande e cinturas finas e homens com abdominais e ombros largos. Tanto os homens como as mulheres sofrem essas influências, no género feminino é mais visível pelo facto de os media se focarem nelas, mas a pressão não tem género nem idade.

Para os jovens que estão a crescer é normal quererem colocar preenchimento nos lábios, já que todas as celebridades e os influenciadores apresentam lábios carnudos, e esta foi a grande tendência dos últimos anos. Um caso que ficou bastante famoso no Brasil foi o da Luísa Sonza, que fez um procedimento e modificou drasticamente o seu rosto, aumentando o desejo de procedimentos similares entre os jovens brasileiros.

Outro exemplo é o da Bianca Andrade, blogger e youtuber Boca Rosa, que fez uma lipoaspiração mas omitiu o facto dos seus seguidores e disse que era apenas uma dieta vegan, tornando claro que, por mais que as suas seguidores praticassem a mesma dieta, nunca iriam conseguir atingir os mesmos resultados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *