A verdade é que nos encontramos numa época em que a permanência do aspeto jovem se tornou quase numa “obsessão cultural”, sobretudo no que respeita ao rosto.

Os primeiros tratamentos de Rejuvenescimento Facial começaram por ser extremamente invasivos para com o corpo humano, deixando marcas excessivas na cara que denunciavam totalmente a existência de um tratamento.

Contudo, fruto das evoluções tecnológicas e médicas, surgiram tratamentos de Rejuvenescimento Facial menos invasivas e não-cirúrgicas que agradaram os pacientes adeptos deste tipo de tratamentos.

Atualmente existem assim técnicas corretivas direcionadas unicamente ao Rejuvenescimento Facial que impedem que o paciente deixe a sua rotina familiar e profissional devido ao desenvolvimento do tratamentos.

Conselhos úteis:

  • Evite a extensa exposição solar como forma de prevenir parte do envelhecimento natural da pele;
  • Tenha em atenção fatores como: consumo de álcool, tabagismo e dieta pouco saudável;
  • Hidrate corretamente a pele do rosto, pescoço e decote.